terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Revista atinge família de Agnelo com denúncias

Uma reportagem da Revista Isto È publicada no último fim de semana, aponta qe a família do governador do DF, Agnelo Queiroz, obteve um suposto enriquecimento ilícito nos últimos três anos. De acordo com a publicação, a Polícia Federal e o Núcleo de Combate às Organizações Criminosas do Ministério Público do DF investigam o patrimônio da família.

Segundo a revista, os sinais de enriquecimento teriam surgido no início de 2008, quando Agnelo Queiroz era diretor da Anvisa, e vão até setembro deste ano.

A investigação que também apura o envolvimento do governador em esquema de desvio de verbas no Ministério do Esporte (que derrubou Orlando Silva do cargo) - envolve a mãe, os irmãos e até um sobrinho de Agnelo. Os familiares teriam enriquecido, de 2008 ate setembro deste ano, em R$ 10 milhões em bens.

Levantamento preliminar da PF indica que  a família do político petista não tem fontes de renda para justificar negócios celebrados nesse período, que incluem a compra de quatro franquias de restaurantes famosos de fast-food e da mais importante confeitaria de Brasília, todas localizadas nos principais shoppings da capital. Carros de luxo, apartamentos e até uma fazenda de gado em góias também costituem o que os investigadores batizaram de "império dos Queiroz".

O governador negou todas as acusações e afirmou que elas são feitas por um grupo ligado ao "crime organizado". " Passou dos limites o que o crime organizado no Distrito Federal está fazendo. São ataques bárbaros à minha pessoa. Só faltam me abater fisicamente. Vou processar o meio de comunicação que se presta a uma patifaria dessas. Vou tomar todas as medidas legais." disse o governador.

Os agentes querem saber se há um suposto esquema de desvio de dinheiro público, pois os negócios abertos teriam valores que não seriam justificáveis com a renda da família. Eles possuem locadoras de veículos e franquias de empresas.

fonte: coletivo - 12/12/2001

Nenhum comentário:

Postar um comentário